Reflexão de janeiro

Novo Ano

Eu desejaria que o Novo Ano trouxesse no ventre morte, peste e guerra. Morte, à senilidade idealista e à retórica embalsamada; peste, para um certo código cultural que age sobre os grupos e os transforma em colectividades emocionais; guerra, à recuperação da personalidade duma cultura extinta que nada tem a ver com a cultura em si mesma.

(Agustina Bessa-Luís – Caderno de Significados, Guimarães Editora, 2015)

Eu desejaria que o Novo Ano trouxesse no ventre morte, peste eguerra. Morte, à senilidade idealista e à retórica embalsamada;peste, para um certo código cultural que age sobre os grupos eos transforma em colectividades emocionais; guerra, àrecuperação da personalidade duma cultura extinta que nadatem a ver com a cultura em si mesma.

© 2023 CÍRCULO LITERÁRIO AGUSTINA BESSA-LUÍS. Todos os direitos reservados.
Administração Técnica de Website por BYDAS

ESTUDAR EM ANGOLA PPC ALTERNATIVE WEBDESIGN PORTO